sábado, 5 de fevereiro de 2011

Coragem...


Assim como são as pessoas, são as coisas e os cafuçús*. 

Você faz tudo e mais um pouco, se entrega de bandeja pra ele e o que acontece depois? Um belo de um passa fora. É uma expressão forte? Mais é assim como a gente se sente. Expectativas por ralo a baixo, um coração quebrado é um amor que vai doer pelos próximos seis meses. Ou até mais , tudo depende da nossa amiga : intensidade.

A gente se arruma, se enfeita, pega milhões de ônibus (lê-se : 2 ou 3) , passa cerca de 2 horas em um trânsito infernal, para apenas vê-lo e o que acontece?  Ele simplesmente cai fora, pula do barco em alto mar e nós e que ficamos a ver navios, LOST.


Sem nenhum aviso prévio, carta, bilhete ou até mesmo uma ligação. Fraqueza tua? Nada, foi apenas uma leve indisposição momentânea. hãn hãn...

Depois de tantos relacionamentos em nossa vida, às vezes, quando a gente encontra alguém que a gente acha que é muito especial, a gente jura não fazer os mesmos erros do passado : pura ilusão (na maioria das vezes).  Bom com qualidades e defeitos eu te escolhi, apenas não achei que você teria a coragem, coragem de ser covarde. 



*PS. Pra quem não sabe o que é o termo CAFUÇÚ : Gíria cearense utilizada pra definir pessoas de má índole. 

Um comentário:

  1. Lindo, lindo, lindo!
    adorei amigaaaaaa! =)

    ResponderExcluir